APRESENTAÇÃO DO PROJETO “Iniciação à Pesquisa Científica e Trabalho Acadêmico em Sociologia – Ensino Médio”

Compreendendo o que é uma Pesquisa Científica e um Trabalho Acadêmico 

As pesquisas científicas somente fazem sentido quando se busca compreender fenômenos que nos interessam de alguma maneira, ou seja, que tenham grande relevância pessoal ou para um grupo social.

Tais pesquisas e trabalhos acadêmicos podem ser desenvolvidos em diferentes níveis de profundidade, amplitude e originalidade.

Neste blog daremos prioridade às pesquisas de iniciação científica e aos trabalhos acadêmicos monográficos, especificamente de revisão bibliográfica, que auxiliem alunas e alunos do ensino médio a exercitarem-se no âmbito de uma iniciação científica voltada para a área de ciências humanas.

Caso tenha interesse em conhecer trabalhos acadêmicos em níveis mais avançados, visite a categoria Modelos de Trabalhos Acadêmicos.

Anúncios
Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

TIPO DE PESQUISA CIENTÍFICA: Revisão Bibliográfica

O que é uma revisão bibliográfica?

O trabalho acadêmico/pesquisa científica de revisão bibliográfica consiste em selecionar artigos científicos, dissertações, teses e/ou livros que tenham caráter científico e que sejam significativos para o desenvolvimento de seu recorte de tema e questão de pesquisa.

A revisão bibliográfica é um estudo sobre o que já foi pesquisado e escrito cientificamente para que você possa conhecer de forma mais aprofundada o que definiu em seu recorte de tema e questão de pesquisa.



Outros tipos de trabalhos acadêmicos/pesquisas científicas

Existem outros tipos de trabalhos acadêmicos/pesquisas científicas que exigem um
trabalho de campo, ou seja, que você colha dados por meio de entrevistas,
questionários, observações e estudo de documentos para produção de
dados.
Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

CARACTERÍSTICAS DO TRABALHO ACADÊMICO: conteúdo, aspectos linguísticos, aspectos formais

De uma maneira geral, os trabalhos acadêmicos são constituídos pelos seguintes elementos:

1 Conteúdo da pesquisa científica e do trabalho acadêmico

O conteúdo é o teor da pesquisa a ser desenvolvida e envolve o tema, as teorias, os conceitos, investigações, dados coletados, articulações entre esses elementos, diálogo entre os autores, as análises dos dados e informações coletados, assim como as conclusões a que se chegou.

Imagem no site Farol de Notícias.

Uma pesquisa científica somente tem sentido se existe uma dúvida, uma curiosidade, uma necessidade de conhecimento a ser satisfeita por meio da busca de conteúdos que serão tratados metodologicamente para tal finalidade.

Para buscar seu conteúdo há uma metodologia de pesquisa científica que deve ser seguida.

2 Aspectos linguísticos da pesquisa e do trabalho acadêmico

Os aspectos linguísticos de seu trabalho acadêmico, referem-se a organização do discurso -clareza, objetividade, precisão na redação do texto. Esses aspectos são apreendidos nas aulas de Língua Portuguesa, especialmente, mas não só, pois todas as disciplinas e áreas da ciência dependem de escrita, leitura e interpretação, que seguem regras pré-estabelecidas.

Em sua pesquisa há uma metodologia para a escrita em si. Seus resumos, fichamentos, resenhas, assim como o texto do trabalho acadêmico dependerão da utilização de paráfrases, de citações diretas e citações indiretas, além de seguir as regras gramaticais e léxicas da Língua Portuguesa.

3 Aspectos formais da pesquisa e do texto acadêmico

Os aspectos formais da pesquisa científica e do trabalho acadêmico referem-se à sua forma, ou seja, à sua estrutura, apresentação gráfica e formatação; que podem ser apreendidos tanto nas aulas de Língua Portuguesa como em quaisquer outras que proponham a escrita científica.

As Normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) regulamentam cada detalhe da forma como os trabalhos acadêmicos devem ser apresentados ao final da pesquisa científica. A exigência da quantidade de normas depende do nível do seu aprendizado. No caso da iniciação cientifica, iremos nos ater às normas mais básicas. Isso significa que numa faculdade você poderá encontrar novas exigências que não tivemos tempo para desenvolver aqui. Porém, estará subsidiado com as informações básicas e terá mais facilidade para compreender e aplicar as que virão em outro momento.

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) foi fundada em 1940 e é responsável pela normalização técnica no Brasil. Tais normas são a base para o desenvolvimento tecnológico no país.

Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

DICAS PARA ORGANIZAÇÃO DE SEUS ARQUIVOS DE PESQUISA

1 Passo – Preparando uma pasta para seus arquivos

  • no computador onde irá trabalhar, abra uma pasta para salvar todos os arquivos relacionados com sua pesquisa;
  • coloque nele um título que contenha seu nome e sobrenome, assim como o título de sua pesquisa;
  • salve a mesma pasta em um pendrive que deverá ser levada às aulas de sociologia, para que a professora possa acompanhar, orientar e corrigir as etapas da pesquisa;
  • se possível, abra uma pasta em seu e-mail ou “nuvem” (OnDrive, Dropbox, Google Drive) com o mesmo título, para ir salvando seus arquivos e tendo uma cópia de segurança.

2 Passo – Escrevendo seus textos no Word

2.1 Levantamento Bibliográfico

  • durtante seu levantamento bibliográfico, anote todas as Referências Bibliográficas dos downloads que salvar para mostrar à professora;

2.2 Trabalho Acadêmico

  • abra uma página do Word para o seu trabalho;
  • dê um título para seu arquivo, com seu nome e sobrenome e o nome de seu trabalho; exemplo: Lair Menezes – Trabalho Acadêmico – Projeto I;
  • escreva somente neste arquivo todo o seu trabalho, anotando tudo que for coletando para sua pesquisa (suas fontes bibliográficas, resumos, análises, etc);

2.3 Resumo ou Fichamento ou Resenha

  • abra uma página do Word para cada resumo, fichamento ou resenha que irá desenvolver;
  • dê um título para seu arquivo, com seu nome e sobrenome e o nome abreviado de sua fonte bibliográfica; exemplo: Lair Menezes – Resumo sobre DIAS, F – Falando de gênero;

2.4 Relatório da pesquisa

  • abra uma página do Word para seu relatório de pesquisa;
  • dê um título para seu arquivo, com seu nome e sobrenome e o nome de seu relatório de pesquisa; exemplo: Lair Menezes – Relatório de Pesquisa – Projeto I;

2.5 Salvando seus arquivos

  • salve seus arquivos do Word numa pasta também com seu nome, no computador que está utilizando;
  • depois que tiver escrito em seus arquivos, salve-os periodicamente em pendrive, também como “anexo” em seu próprio e-mail ou facebook, enviando-os para você mesmo; dessa maneira terá cópias de segurança (backup) para o caso de seu computador falhar e apagar seus arquivos; utilize as nuvens (OnDrive, Dropbox, Google Drive) como cópias de segurança, também..
Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

RELATÓRIO DE PESQUISA

O Relatório de Pesquisa para nossa finalidade deverá conter dados que demonstrem como a pesquisa foi desenvolvida, seus passos, quem participou de cada etapa da pesquisa e da construção do trabalho acadêmico. Siga o modelo adiante:

FOLHA 1 (em sala)

  • GRUPO X – Turma: XX  – Data: XX /XX/XXXX     (Ex: GRUPO 1 – Turma: 3D – Data: 22/03/2016)
  • TIPO DE PESQUISA: “REVISÃO BIBLIOGRÁFICA” (só copiar este item)
  • ÁREA TEMÁTICA: …
  • NOME COMPLETO DE CADA MEMBRO DO GRUPO DE PESQUISA, EM ORDEM ALFABÉTICA

FOLHA 2 (em sala)

  • Data
  • [CASO SUA TURMA TENHA FEITO A “SONDAGEM SOBRE A ÁREA TEMÁTICA” OU “PRÉ-PESQUISA”, ANOTE QUEM FEZ O QUE NESTA ETAPA]
  • RECORTE DO TEMA
  • FORMULAÇÃO DA QUESTÃO DE PESQUISA OU HIPÓTESE
  • ROTEIRO DE PESQUISA
  • NOMES DO MEMBROS DO GRUPO QUE PARTICIPARAM DESSES PASSO

FOLHA 3 (extra-sala)

  • Data
  • Descrição de como se deu o trabalho de PESQUISA NO GOOGLE ACADÊMICO, que recursos utilizaram (computador, internet, celular) e de quem eram.
  • NOMES DO MEMBROS DO GRUPO QUE PARTICIPARAM DESSES PASSOS

FOLHA 4 (em sala)

  • Data
  • Descrição de como se deu o trabalho de SELEÇÃO DA BIBLIOGRAFIA A SER PESQUISADA.
  • NOMES DO MEMBROS DO GRUPO QUE PARTICIPARAM DESSES PASSOS

FOLHA 5 (em sala)

  • Data
  • Descrição de como se deu o trabalho de RESUMOS: quem, fez o que, quando e como.
  • NOMES DO MEMBROS DO GRUPO QUE PARTICIPARAM DESSES PASSOS
Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Danielle, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

SONDAGEM SOBRE ÁREA TEMÁTICA/TEMA OU PRÉ-PESQUISA

A Sondagem sobre a Área Temática/Tema ou a Pré-Pesquisa são formas de aproximação das alunas e dos alunos com os assuntos que serão pesquisados. Pode ocorrer de várias maneira, como, por exemplo:

  • pesquisa de notícias, vídeos, filmes, livros, artigos, etc relacionados às áreas temáticas/temas;
  • conversas e entrevistas semi-estruturadas com pessoas relacionadas ao assunto que será pesquisado;
  • um levantamento bibliográfico prévio para conhecer que tipo de abordagens algum assunto de interesse já recebeu.

NESTA ANO DE 2016 CADA SÉRIE TERÁ AS SEGUINTES ÁREAS TEMÁTICAS/TEMAS  COMO OPÇÃO DE ESCOLHAS:

PRIMEIRAS SÉRIES

  1. desigualdades sociais de classe social
  2. desigualdades de gênero/sexo
  3. desigualdades étnicas/”raciais”

SEGUNDAS SÉRIES

  1. exploração de trabalhadoras e trabalhadores no mundo de trabalho atual

TERCEIRAS SÉRIES

  1. movimentos sociais de negras e negros
  2. movimentos sociais de mulheres
  3. movimentos sociais GLBTT
  4. movimentos sociais operários e sindicais
  5. movimentos sociais de indígenas
  6. movimentos sociais de trabalhadores rurais sem terra
  7. movimentos sociais ambientalistas
  8. movimentos sociais populares e urbanos
Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

ESCOLHA DA ÁREA TEMÁTICA

Antes de iniciar a pesquisa propriamente dita, é necessário definir qual será o conteúdo pesquisado. Primeiramente, define-se a área das ciências que se vai pesquisar, no nosso caso é a sociologia.

Depois, deve-se escolher uma área temática/tema, que necessariamente deve fazer parte da área das ciências em questão -em nosso caso a sociologia. Pense em seus interesses de pesquisa na área temática/tema escolhido e inicie sua sondagem a respeito dela:

  • leia ou assista alguma coisa a respeito;
  • anote suas dúvidas, pontos que considerou mais interessantes, mais polêmicos ou mais relevantes para desenvolver uma pesquisa, troque ideias com quem está orientando você e com seus colegas;

A escolha de uma área temática/tema numa pesquisa científica/trabalho acadêmico deve ser cuidadosamente medida, pois será muito difícil, se não impossível, pesquisar sobre uma área temática/tema ampla demais. Corre-se o risco de abordá-la de maneira insuficiente ou perder-se nos prazos devido ao excesso de material para se trabalhar na pesquisa.

Área temática/Tema geral e amplo

Na sociologia, você encontrará áreas temáticas/temas gerais e amplos que são próprios dessa área científica, como por exemplo: trabalho; desemprego; classes sociais; cultura; etnia; gênero; política; movimentos sociais; desigualdades sociais; pensamento social; formação social; e muitos outros.

A escolha da área temática/tema pode ocorrer de várias maneiras:

  • ou você escolhe a área temática/tema que mais desperta seu interesse e curiosidade;
  • ou você recebe uma área temática/tema definido por quem irá orientar sua pesquisa;
  • ou, se você está a serviço de uma comunidade, ela definirá qual a área temática/tema que tem mais relevância para a vida desse grupo social.

ANOTE O SUA ÁREA TEMÁTICA/TEMA GERAL NO RELATÓRIO E PESQUISA.

Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

RECORTE DA ÁREA TEMÁTICA/TEMA

A partir da definição de sua área temática/tema geral ampla, procede-se ao recorte da mesma.

RECORTES ESSENCIAIS OU PRIMÁRIOS

Os recortes de sua área temática/tema de pesquisa têm como finalidade buscar o foco de seu trabalho. Para tanto, essas questões orientarão seu recorte:

  1. RECORTE TEMÁTICO – Qual a problemática que mais motiva sua pesquisa, ou seja, que aspecto de sua área temática/tema gostaria de conhecer mais aprofundadamente?
  2. RECORTE ESPACIAL – Sua problemática refere-se a uma única região? Ou ocorre em diversos lugares do mundo? É necessário definir em que país e/ou região e/ou estado e/ou cidade será focada sua pesquisa.
  3. RECORTE TEMPORAL- Essa problemática pode estar localizada em diferentes momentos históricos. Qual a época que será abordada?
  4. RECORTE DOS SUJEITOS DA PESQUISA – Que grupos sociais são seu foco de pesquisa?

Exemplo:Ideologia - LUPA

  • área temática/tema: desemprego (tema geral e amplo);
  • recorte da problemática: os setores da indústria química que mais sofreram com o desemprego;
  • recorte espacial: no Estado de São Paulo;
  • recorte temporal: no primeiro semestre de 2015;
  • trabalhadores dos setores da indústria química, conforme recortes já mencionados

Outros exemplos:

  • desigualdade de gênero na adolescência, em Portugal, no século XX;
  • modos de produção conhecidos na história dos povos das Américas, nos séculos V a XIX;
  • o desemprego no século XIX, após a libertação dos escravos no Brasil e a vinda de imigrantes europeus;
  • comparação entre os tipos de contratos de trabalho pela CLT no período de 1950 a 1960 e no período de 2005 a 2015, na região sudeste do Brasil, nas montadores de automóveis.

RECORTES NUMA PESQUISA CIENTÍFICA/TRABALHO ACADÊMICO DE REVISÃO BIBLIOGRÁFICA MAIS AVANÇADA

Outras questões podem ser levantadas quando se quer pesquisar de uma forma mais complexificada numa revisão bibliográfica:

A pesquisa pode apresentar diferentes perspectivas ou diferentes olhares sobre uma mesma problemática. Esses diferentes olhares podem ter sido lançados por autores diversos que estudaram tal problemática com olhares específicos.

Exemplo:

área temática/tema: desemprego (tema geral e amplo);

  • recorte da problemática: os setores da indústria química que mais sofreram com o desemprego;
  • recorte espacial: no Estado de São Paulo;
  • recorte temporal: no primeiro semestre de 2015;
  • segundo autores brasileiros que estudam o mundo do trabalho (olhares de autores específicos).

Outros exemplos:

  • caraterísticas das desigualdades de classes sociais, na Europa do século XIX, sob o ponto de vista de Karl Marx e de Max Weber;
  • lutas contra a desigualdade étnica no Chile, durante a ditadura militar do general Pinochet, segundo pesquisadores chilenos.

É muito importante atentar para o fato de que o recorte da área temática/tema é somente o início de uma definição que está sujeita a mudanças durante o processo de levantamento bibliográfico, pois no meio desse caminho seus interesses podem tomar um rumo diferente do inicial ou você pode encontrar materiais interessantes sobre outro rumo ou até pode não encontrar material para sua temática inicial e ter que buscar outra. Entretanto, é preciso cuidado para não dispersar-se, assim como é fundamental persistir e buscar superar os obstáculos iniciais. O levantamento bibliográfico pode ser comparado a um trabalho de “garimpo” de sua fontes de pesquisa.

Atente para o fato de que o material para a pesquisa tem que ser buscado em fontes confiáveis, sejam livros, revistas científicas ou de alto nível de credibilidade na checagem de informações, vídeo-aulas, documentários, sites, blogs e portais, idem.

Para ler mais sobre a definição do tema, leia o livro “Como se Faz uma Tese”, de Umberto Eco.

ANOTE SEU RECORTE DE TEMA NO RELATÓRIO DE PESQUISA.

Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

FORMULAÇÃO DA QUESTÃO DE PESQUISA ou HIPÓTESE

A partir do recorte de tema definido, elabore uma questão de pesquisa, que servirá como guia para sua pesquisa científica.

Por exemplo:

“Quais as características, causas e consequências do desemprego nos setores que mais sofreram com esse isso, nas áreas urbanas do estado de São Paulo, no primeiro semestre de 2015?”

Em seguida, veja se você consegue construir uma hipótese para responder a essa questão de pesquisa, ou seja, tente elaborar uma tese hipotética que seria testada por meio de sua pesquisa. Por meio da pesquisa, a hipótese será comprovada, desconfirmada ou outras hipóteses ou desdobramentos podem ser criados.

Por exemplo:

“Nas áreas urbanas do estado de São Paulo, no primeiro semestre de 2015, os setores que mais sofreram com o desemprego apresentam características, causas e consequências semelhantes.”

Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário

ROTEIRO DE PESQUISA

O ROTEIRO DE PESQUISA deverá conter uma lista de itens que serão buscados em seu LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO, para que se obtenha as informações que serão imprescindíveis como base para que se possa responder à questão de pesquisa, testando a hipótese levantada.

Esse ROTEIRO DE PESQUISA auxiliará em três momentos, essencialmente:

  • no LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO e SELEÇÃO DA BIBLIOGRAFIA, para orientar a escolha das fontes bibliográficas que contém as informações essenciais que deverão constar em cada resumo;
  •  na construção da intertextualidade, no DESENVOLVIMENTO do trabalho acadêmico;
  • na redação da CONCLUSÃO E DA INTRODUÇÃO do trabalho acadêmico.

EXEMPLO

ÁREA TEMÁTICA

Movimento social de negros e negras

RECORTE DO TEMA

No Brasil, a relação entre a escravização de negras e negros, a construção da discriminação e exclusão racial dessa população e a luta do movimento negro pelas políticas de cotas.

ROTEIRO DE PESQUISA

  1. informações sobre as condições de vida  e de trabalho da população negra durante a escravização;
  2. informações sobre a discussão de abolicionistas sobre como deveriam ser os termos de indenização e de garantias de trabalho e acesso a bens e serviços pela população negra liberta em 1888, na abolição;
  3. informações sobre a maneira como ocorreu a não inclusão da população negra liberta na sociedade produtiva e na economia  e como isso contribuiu para a constituição das formas de racismo na atualidade;
  4. informações sobre como são as políticas de cotas para a população negra;
  5. informações sobre a partir de que momento os movimentos de negras e negros , na atualidade, deram ênfase às lutas pelas políticas de cotas.

 

Publicado em 2016/1o.Bim/1a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/2a Série/Edwiges, 2016/1o.Bim/3a Série/Edwiges, Metodologia de Pesquisa | Marcado com , , | Deixe um comentário